Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Rapariga na Aldeia

A Rapariga na Aldeia

Uma Macaca na Cidade (50)

POST PÓS NATALÍCIO ASSAZ PERTINENTE PARA PAIS DESESPERADOS

 

Progenitores (de crianças pequenas, sobretudo) que me leem: este post é para vós!

 

A pensar especialmente em vocês, mas principalmente nas crianças mais desfavorecidas ou institucionalizadas, para quem o Natal é certamente diferente do dos nossos rebentos, deixo-vos um link que tenho a certeza vos vai interessar sobremaneira: ora espreitem lá, AQUI

 

Todos os Natais (e aniversários), os nossos filhos recebem um rol infindável de brinquedos e por muito que tentemos “controlar a coisa” – pedindo bom senso a quem oferece (ai os AVÓS, esses seres indisciplinados!) ou guardando alguns presentes para abrir mais tarde, faseadamente – acabamos invariavelmente com a casa repleta de brinquedos, alguns com os quais os nossos filhos nem chegam a brincar, por falta de tempo, outros com eles pouco brincam e permanecem como novos à medida que os nosso filhos crescem e deixam de ter interesse neles.

10-instituicoes_doar_brinquedos-1.jpg

Não sei se já tinham pensado nisto mas, ao doar brinquedos em bom estado a Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) e outras organizações da economia social estamos não só a ganhar espaço em casa, como a ajudar crianças desfavorecidas.

 

Este link que vos deixo dá a conhecer 10 instituições que aceitam brinquedos. Haverá muitas outras, nomeadamente no seio da vossa comunidade, como escolas, igrejas, centros paroquiais, juntas de freguesia e afins. Procurem e informem-se se realmente estiverem interessados no tema.

 

Lá em casa, podem ter a certeza que de Janeiro não passa sem arregaçarmos as mangas e encetarmos esta nobre demanda!

 

Dicas importantes:

 

 

→ Munam-se de dois ou três sacos grandes (os azuis do IKEA são perfeitos) – consoante o volume de brinquedos acumulado – e de panos do pó.

 

→ Envolvam os vossos filhos na escolha (e posteriormente na entrega), não só porque eles melhor do que ninguém sabem os brinquedos com que já não brincam, como ainda lhes transmitem o importante valor da solidariedade para com os seus pares mais desfavorecidos.

 

→ Os brinquedos devem ser doados em bom estado, sem peças soltas e limpos (façam uma máquina com aqueles peluches a que os vossos filhos nunca ligaram muito e que até então tiveram como única missão de vida acumular pó!)

 

→ Se forem brinquedos eletrónicos, as pilhas devem estar utilizáveis. Caso não estejam, e não tenham pilhas novas, é preferível doá-los sem pilhas.

 

→ Não hesitem: se está guardado sem ser mexido há mais de 1 ano (à exceção daqueles brinquedos que guardamos especialmente para passar de irmão para irmão) é para doar! Aos vossos filhos já não traz alegria, mas pode trazer a outras crianças.

  

Votos de um 2018 cheio de bons momentos.

 

 

P.S. Relativamente ao passatempo de Natal, informo que a vencedora é a Xana Pedroso (por falta de mais participantes), a quem peço desde já que me envie o seu endereço para o e-mail macacagravaporcima@gmail.com, para lhe poder fazer chegar ASAP o mini-cabaz de Natal ARNA/MGPC. Obrigada pela participação e continua desse lado.

 

roupa-para-bebs-na-fantasia-de-macaco-g-18919-MLB2

 

8 comentários

Comentar post

A Blogger:

Cátia Santos catiafsantos@hotmail.com

Segue-me:

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D