Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

A Rapariga na Aldeia

"Que tiro foi esse que tá um arraso?"

Não simpatizava com o Sporting nem um bocadinho. Porém, e para me fazer engolir tudo o que sempre disse sobre o clube de Alvalade, o meu filho é sportinguista. Já tentei convence-lo a gostar de quem ganha, porque perder é, efetivamente, mau mas o rapaz é teimoso e por ali irá ficar, creio eu. De maneira que, e coração de mãe é assim mesmo, torço muitas vezes para que o Sporting ganhe com a mesma intensidade com que torço pelo Benfica ou pela equipa aqui da aldeia. 

 

Esta pequena introdução para dizer que, o que vou escrever de seguida, nada tem que ver com rivalidades clubísticas, tem que ver sim, com pessoas, no que elas julgam ser e fazer em nome do que presidem. Refiro-me à figura do dia - Bruno de Carvalho. 

 

Ora este senhor tem conseguido surpreender tudo e todos a cada dia que passa à frente da presidência do Sporting Clube de Portugal. O problema é que esse efeito "surpresa" em nada abona a seu favor. O que se tem visto da parte desta personagem, que tem tudo para ser cómica, são potentes tiros nos próprios pés, uns atrás dos outros, cada um mais intolerável que o outro, levando por arrasto toda a estrutura que envolve o Sporting. Neste momento, e foi a última frase que li sobre o assunto antes de me sentar aqui a escrever, anunciou o abandono do facebook. Quando é que eu já li isto? Cada intervenção que faz, seja ela no facebook, na Assembleia da República ou em conferências de imprensa, só o torna mais fraco enquanto líder porque, a meu ver, o senhor descompensou de vez. Fritou. Avariou da caixa. E ninguém está livre 😂!! 

 

O problema do Bruno de Carvalho não é o facebook. O grande problema é ele e aquele excesso de confiança que o acompanha publicamente. Enquanto não resolver esse problemazinho não me parece que deva presidir o que quer que seja, muito menos um clube com a grandeza do Sporting. Confesso que não consigo entender como é que UMA só pessoa consegue, num curto espaço de tempo, estar em tantas frentes ao mesmo tempo e, não haver UMA alminha, uma só, que o impeça de continuar por esses caminhos pantanosos! Ninguém consegue puxar o braço a tempo do homem se mandar do precipício? Ninguém? Nem um Jorge Jesus? Nem um cirurgião? Não há ninguém que o homem oiça? 

 

É assim, caros colegas sportinguistas, nem sempre estamos assim tão bem relacionados! Há que admiti-lo, sei que custa, sei que isto é tão vergonhoso como uma má exibição dos jogadores 😪 agora é tentar esquecer esta sucessão de episódios ridículos que em nada dignificam o vosso futebol e seguir em frente. 

 

Espero honestamente que numa próxima Assembleia Geral, a massa associativa tenha força para mandar o senhor para casa tratar daquela dor ciática que, diz quem teve, é ruim à brava!

 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)  

 

Futebol contaminado

Desvio a atenção dos meus filhos das mais recentes notícias sobre "desporto". Aqui a palavra desporto entre aspas porque, definitivamente, não são esses os valores desportivos que considero adequados e bonitos de passar aos meus. E nem tão pouco é este desporto que gosto de ver e apreciar. Refiro-me obviamente às declarações de Bruno de Carvalho dirigidas aos jornalistas na última Assembleia Geral do Sporting e aos incidentes de ontem em Guimarães que resultaram em deprimentes e condenáveis cenas de agressões.  

 

Há algum tempo que insisto no facto do panorama futebolístico estar altamente contaminado por valores e ideais que em nada dignificam o futebol português. Há nuvens pesadas que escurecem os clubes e, pelo que vou assistindo, não há meio de se dissiparem. Esta escuridão, que se acentua ano após ano, está a fazer desaparecer o futebol espetáculo dando lugar a casos de polícia e de justiça, a troca de insultos e ofensas em debates desportivos, a agressões entre adeptos, a comunicados incendiários vindos precisamente de dirigentes desportivos. São horas e horas de tempo de antena nos meios de comunicação social dedicado a este futebol mesquinho e vulgar, carregado de pessoas reles que não deveriam, em tempo algum, ter um microfone por perto! E aqui deixo a minha crítica às televisões que permitem a presença de muitos arruaceiros no lugar de comentadores desportivos e esse nem sempre é o melhor caminho, como de resto se tem visto! (Mais Ribeiros Cristóvãos por favor!!!)

woman-638384_960_720.jpg

Tenho pena que assim tenha ficado este mundo do futebol. Mundo esse onde o meu filho mais novo entrou recentemente e onde eu gostava que servisse, não só mas também, para reforçar valores como o respeito pelo adversário. Aquele principio básico em qualquer desporto, e aqui sem aspas! 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Carnaval, Dia dos Namorados e Abstinência Sexual (riscar o intruso)

Hoje só vim cá ver as modas porque, enfim, carnaval e dia dos namorados são dias em que o meu investimento é quase nulo!! Perante o que vi, estou tentada a desenhar um coração vermelho no olho e pronto, está o assunto despachado. É o chamado matar dois coelhos numa cajadada só! O que acham? 😍

Collage_Fotor1.jpg

Collage_Fotor2.jpg

Collage_Fotor3.jpg

Contudo, mesmo gostando pouco da época, uma pessoa não pode virar as costas ao que por estes dias anda a acontecer sob pena de, imaginem, passar-lhe ao lado a opinião do senhor cardeal sobre a vida sexual das pessoas (recasadas católicas)! A sério??! Mas que conversa de merda vem a ser esta? E, dotado de um elevado sentido de oportunidade, proferiu esta tão sábia sentença hoje, logo hoje!! Eis a Igreja acolhedora, que deve, quer e sabe receber TODOS. Ei-la em força! 

 

Beeeeemmmmmm, meus queridos foliões e namorados apaixonados que me visitam, não vos quero fazer pensar em abstinência sexual até porque, se há coisa que por estes dias vai ficar em dia, é mesmo isso, certo? Acertei, não foi? Ahhh, maganos!! Quais recasados, quais quê, é siga p' bingo, que o carnaval são poucos dias e este ano ainda há o prolongamento do 14 de fevereiro. Por isso, minha gente, é tirar o pé do chão e bota p'a québrár!!! 

 

 

  Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Supernanny - o que me ficou do que passou!

Vi cinco minutos do programa de ontem. O suficiente para me sentir incomodada, ceder ao pedido dos meus filhos e ... mudar de canal! Sim, também tenho cá em casa pequenos aprendizes de tiranos mas mas mas mas ... se não consigo ter na mão e educar crianças de 8 e de 10 anos, estou mal. Estou mesmo muito mal ou há uma enorme confusão de hierarquias nas nossas cabeças! 

 

Antes de mais devo dizer que concordo com algumas opiniões que fui lendo ao longo do dia sobre o facto da mãe ter exposto a filha daquela forma no programa de televisão em causa (em que uma psicóloga ajuda famílias a disciplinar as crianças). Acho que foi exagerado! Também eu aqui no blog e nas minhas redes faço vídeos com os meus filhos e partilho imensas fotografias nos mais variados contextos. A diferença é que não acho que os esteja a envergonhar ou a ridicularizar. E o que aconteceu no programa de ontem, pelo menos no pouco que vi, foi precisamente isso! E por isso achei mau. Doloroso até! Tive pena da família. Especialmente da menina!

 

Mas, a mãe da menina deveria saber ao que ia ... ou não? 

 

Sinceramente, espero que o objetivo a que se propuseram, ao participar no programa, tenha sido alcançado e que todas (mãe, filha e avó) tivessem ficado devidamente esclarecidas sobre os seus papéis na estrutura familiar e que, essencialmente, tenha servido para um bem maior - melhorar a convivência familiar. Achei aquela mãe totalmente prisioneira das vontade da filha de apenas 7 anos e isso também me meteu dó! Mas a senhora é adulta, informe-se, leia sobre o assunto e de quando em vez, rode a baiana, que quem tem de ditar regras é ela e não a filha!!! Achei que todos naquela casa estavam confusos! E como é fácil assim ficar!! 

 

Não gosto de criticar a educação que as mães dão aos seus filhos mas, há um pormenor que anda a ganhar uma força tremenda na nossa sociedade e que eu acho que deve ser seriamente contrariado. As mães/pais/avós/cuidadores têm medo de dizer NÃO às exigências e caprichos das suas crianças como se isso os traumatizasse para o resto da vida! Não acho que assim seja. Não me considero traumatizada por ter levado tantos NÃOS nos anos 90! Não me inibo de os dizer aos meus filhos e de explicar os motivos das minhas decisões (nem sempre acertadas)! 

 

Por fim, a psicóloga. Parece que a Ordem está hoje a cair-lhe em cima. Como disse, só vi cerca de cinco minutos do programa, mas, fiquei com a ideia de que tinha algum cuidado nas palavras que trocava com a mãe e com a menina. Quanto aos conteúdos que partilhou, na minha opinião não há uma fórmula mágica que resulte com todas as crianças e com todos os pais. Já escrevi sobre o assunto AQUI a propósito da minha participação num workshop de Parentalidade Consciente. 

 

E vocês por aí? O que acharam da Supernanny?

 

  

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Rio ou Santana?

Há por aí gente que gosta de política? 

Não posso dizer que adoro mas também não detesto na mesma medida que a atualidade desportiva! De maneira que sigo com alguma atenção o que vai acontecendo a este nível no nosso querido país! Recuso-me a aceitar a velha conversa de que os políticos são todos farinha do mesmo saco e que querem é poleiro! Quero continuar a manter a fé nesta classe, por muitos descredibilizada, apesar das desilusões políticas mais que claras nos últimos tempos! 

 

Bem, mas voltando à liderança do PSD que foi para isto que aqui vim hoje ... 

 

Quem é que acham que vai ganhar a corrida? Rui Rio ou Pedro Santana Lopes? Quem terá mais condições para o fazer tendo em conta o estado meio desorientado do partido?  

mw-860.jpeg

Dizem por aí que Rio tem mais hipóteses de ganhar apesar de, tal como o seu adversário, não apresentar grandes ideias de futuro para o partido. Por isso, olha, assim como assim, se nenhum deles tem projetos consistentes e ideias megalómanas no que respeita a arrumação da casa PSD, que ganhe o candidato mais simpático, elegante e cordial com os jornalistas (sim, sabem que sobrevalorizo esta classe)😍. Que ganhe o candidato que continua insistentemente a tratar o partido por Pê-Pê-Dê-PSD porque a forma como o diz continua a fazer-me rir. Mas isso sou eu que me confesso de riso fácil!

Pronto, já sei, os meus argumentos não têm nenhum fundamento minimamente válido. 

Pois é, que ganhe o melhor! 

😁

 

  Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

"Somos todos um bocadinho racistas" cantavam os da Avenida Q

screen shot 2018-01-08 at 30344 pm.png

Vai para dois anos que adotei uma Macaca. Sabem vocês leitores regulares! A "minha" Macaca jornalista escreve a partir da capital a rubrica, imaginem só ... Uma Macaca na Cidade! Ela é muito simpática, garanto-vos eu que já jantei com ela, e o facto de ter a pele branca branca branca e o cabelo preto preto preto não lhe retira qualidades nem lhe acrescenta defeitos! 

 

Agora que tinha encontrado o presente ideal para ela (mas vá em tamanho de adulto) rebenta a polémica do racismo e a H&M retirou de venda estas camisolas! Ora bolas! Tudo por causa desta fotografia ...

5a53850a49314681008b468a-750-562.png

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Miguel Sousa Tavares a Presidente

Há comentadores políticos por quem tenho particular estima e consideração apesar de, nem sempre concordar com o que dizem ou escrevem sobre a atualidade. É o caso do Miguel Sousa Tavares. Outros há que já não os consigo ouvir. 

 

Sigo atentamente os comentários políticos do Miguel (sim, Miguel, é quase da família, mais um bocado e janta connosco às segundas feiras😁), quer na televisão quer no jornal e, a verdade é que em alguns assuntos fico com a certeza de que o homem se recusa a aceitar que vivemos em 2017, que há internet e redes sociais, café da Nespresso e mais uma data de coisas que ele é manifestamente contra. Mas, enfim, não podemos ser perfeitos!! Confesso que gosto muito de o ler, não tanto de o ouvir, e por isso deixo-vos alguns dos seus pensamentos sobre a atuação dos nossos governantes nos últimos meses e, se há temas em que discordo redondamente com as suas ideias, sobre o que escreveu esta semana para o Expresso, não podia estar mais de acordo. Ora leiam algumas conclusões, dá uma certa revolta para não dizer pior: 

 

 

Falemos de coisas sérias

Uma pessoa dirige-se ao hospital público porque tem agendada uma consulta, um exame ou porque precisa de acompanhar um familiar. Mas, como é indivíduo de má sorte, apanha a bactéria da legionela, não resiste à infeção e acaba por morrer! Infelizmente, mais quatro pessoas têm a mesma sina e cerca de meia centena recebem tratamento hospitalar para enfraquecer a dita bactéria do legionário. 

 

Acontece que esse mesmo hospital público, onde estas pessoas tiveram o azar de entrar, continua em funcionamento uma vez que as análises feitas às torres de refrigeração, dias antes do surto de legionela, deram negativo. Não há motivos para alarme, é isso? pergunto. Se amanhã precisarmos de ir ao HSFX ou a outro hospital qualquer, podemos ir tranquilos e sem medo de bater as botas? Os responsáveis estão a atuar condignamente? 

 

Por falar em responsáveis, os daquela unidade de saúde pensaram tal como eu quando um dos meus filhos tem febre vamos lá devagar, não é preciso tomar medidas mais drásticas porque ainda é cedo para perceber a origem da infeção!, com a diferença abismal de que podem estar a pôr uma série de vidas em risco e eu, ao tomar uma atitude semelhante só estou a adiar uma ida às urgências que, nos dias que correm, está visto ser um perigo para a saúde!

 

Continuam a dizer que o surto de legionela está controlado quando, ainda hoje, as notícias dão conta de mais uma morte! O ministro da saúde diz que "houve uma falha técnica", a sério sr. Adalberto? e que, evidentemente, devem apurar-se responsabilidades. Pergunto, que responsabilidades? as mesmas de Pedrógão? condições meteorológicas propícias a ... ou ineficácia na prevenção ... sabendo das doze mortes de há três anos pelos mesmos motivos?

 

Se não fosse o vento a levar o ar contaminado para Monsanto e era ver mais umas quantas mortes!

 

E como se isto tudo não fosse suficientemente sinistro, uma terrível "falha de comunicação" levou a que dois corpos, que entretanto estavam a ser velados, tivessem de ser levantados para autópsia pois o caso está a ser investigado pelo Ministério Público e, assim sendo, é obrigatório o exame médico-legal. E uma pessoa pensa, e se fosse com um familiar nosso? Caramba, isto é possível? 

 

Confesso que faço um esforço para confiar em quem nos representa e nas suas competências para o exercício das funções mas, a verdade, é que os níveis de confiança estão a baixar a cada dia que passa! Num momento tão delicado como este faz pouco sentido continuarem a esgrimir autorizações, decretos e preocupações com os mortos do Panteão, quando deveriam reunir forças para evitar mortes por legionela, não? 

 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

Um poucochinho de moda

Para quê perder tempo a pensar em conjuntos da moda quando a moda somos nós que a fazemos?!! A tendência Rita Ora que se segue, vamos chamá-la de "falem bem, falem mal, mas falem de mim" é, efetivamente, invulgar, mas tenho para mim que muitas de vocês já pensaram "ai se eu pudesse ir jantar com este roupão turco e uma toalha a tapar o cabelo ... ai se eu pudesse ... era o ias ao cabeleireiro, era o ias comprar um vestido que me realça estas pernas tronco de oliveira!" Pois é, houve uma menina que pensou tal como nós, os comuns mortais e, num verdadeiro ato tresloucado, assim foi ao evento MTVEMA em Londres! 

rita_ora-mtv_ema_MILIMA20171112_0198_30.jpg

 

(Tá parva a miúda! Mais um bocado e fazia um anúncio para a Tezenis!) 

 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

A Blogger:

Cátia Santos catiafsantos@hotmail.com

Segue-me:

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D