Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Rapariga na Aldeia

A Rapariga na Aldeia

Alguém disse #5

"Fico sempre com esta ideia de que uma mulher vive relativamente bem consigo própria e com as suas fraquezas até ser mãe. Nesse momento, é como se um interruptor demoníaco se ligasse e ela fosse a correr pôr a capa da supermulher. Mãe que é mãe está convencida de que é um super-herói da banda desenhada, capaz de salvar as crianças de todos os males, capaz de desempenhar com mestria a sua profissão, sacar dos saltos-agulhas e ficar uma bomba sexual para um jantar a dois, conseguir ser a mãe doce e terna mas também exigente e implacável, boa dona de casa, cozinheira de mão-cheia, ginasta olímpica, amiga dos seus amigos, tudo em simultâneo, como se fosse um canivete suíço. Pois bem, tenho uma triste notícia para vos dar: ninguém consegue ser assim! Pelo menos não sempre, o tempo todo, 24 horas por dia, sete dias por semana. Há sempre um momento em que se falha numa das frentes. E ... (segurem-se) NÃO FAZ MAL!"

 

Conseguem adivinhar quem será a minha próxima entrevistada?

 

Dou uma pequena ajuda: é mãe de quatro e autora de um dos blogues mais lidos no país ...

 

Deixem os vossos palpites 😁

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

A Blogger:

Cátia Santos catiafsantos@hotmail.com

Segue-me:

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D