Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

A Rapariga na Aldeia

Sugestão Saudável (91)

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

 

Duas receitas de Bolo de Aveia 

 

Na consulta de nutrição, os pacientes pedem, algumas vezes, receitas de um bolo que possam comer e que não altere os resultados que estão a ter, isto é, querem uma bolo mais saudável e continuar a emagrecer! Durante o Inverno apetece mais comida quente e um bolo a sair do forno com um chá, parece um lanche delicioso num fim-de-semana!

 

Vou partilhar convosco 2 receitas de bolo de aveia que encontrei e que podem utilizar 1 fatia ao lanche, 1 a 2 vezes na semana, por exemplo! Nunca se esqueçam do vosso objetivo e da vossa “urgência” em atingi-lo! Estes bolos também podem ser uma alternativa para crianças mais gulosas ou para pessoas que pratiquem exercício físico, antes do treino!

 

 

 

Jardineiras, olá, são vocês?

As jardineiras voltaram à berra e andam por aí a saltitar em várias lojas. Deve haver um nome mais brilhante para estas peças de roupa, em inglês, claro, mas eu cá continuo a preferir a palavra jardineiras, facilmente associada a um prato que não costumo cozinhar!

 

Ora bem, meninas que gostaram deste regresso anunciado das jardineiras, têm duas hipóteses para voltarem a desfilar nos propósitos que vêm nas fotos em baixo. Primeira: vão a uma loja e compram umas novinhas em folha. O básico e longe de ser sacrifício! Segunda: fazem uma pesquisa no vosso roupeiro, secção 1996/98, e trazem à luz do dia as velhinhas jardineiras com aquele ar de quarenta lavagens e um dos rasgões disfarçados pela avó! Mas que também são fashion, um verdadeiro must have, adequadas para usar num fim de tarde descontraído com os amigos num rooftop! E isto, pelo que vejo, garanto-vos, é supé fashion!!!!😍

Collage_Fotor1.jpg

Collage_Fotor2.jpg

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Alguém disse #22

"Às vezes, quando vejo os eternos sindicalistas da função pública enumerarem as suas sempre renovadas reivindicações, pergunto-me se eles saberão que entre os jornalistas que lhes estendem os microfones estão alguns que ganham 1100 euros por mês em jornais onde não são aumentados há 12 anos e outros que ganham 700 euros a trabalhar em televisões sem serem aumentados há 7 anos. E que não têm nenhum governo que se preocupe com eles nem com o futuro da profissão que desempenham e sem a qual não existe democracia digna desse nome."

 

Miguel Sousa Tavares, Expresso. 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Visita à Casa Ronald McDonald de Lisboa

"São casas longe de casa. São um porto de abrigo" que acolhem e apoiam gratuitamente familiares de crianças que se deslocam das suas residências para receber tratamento hospitalar.

 

Em linhas muito gerais, e já explico mais pormenores, é este o propósito que serve os três programas da Fundação Infantil Ronald McDonald no nosso país. Sendo eles, esta Casa em Lisboa que hoje vos apresento, uma Casa no Porto e o Espaço Familiar recentemente inaugurado no Hospital de Santa Maria. O objetivo comum é aproximar as famílias às suas crianças e, desta forma, contribuir para o seu bem-estar. 

  

Vamos começar, obviamente, pelo principio, portanto pela porta de entrada ... onde fui recebida por Ana Patacho, gestora da Casa Ronald McDonald de Lisboa. Acompanhem a minha visita guiada: 

IMG_2959.jpg

Situada no Largo do Conde de Pombeiro, a apenas cinco minutos a pé do Hospital D. Estefânia, a Casa Ronald de Lisboa acomoda e apoia familiares de crianças hospitalizadas ou em tratamento ambulatório no Centro Hospitalar de Lisboa Central (inclui Hospital D. Estefânia, Capuchos, Santa Marta e Maternidade Alfredo da Costa). É um alojamento temporário em que só existe data de entrada. E por falar em entrada ... 

 

 

 

Do baú para o blog #1

Alguns dos meus álbuns de fotografias não me acompanharam quando mudei de casa. Ficaram em casa dos meus pais. Guardados numa gaveta. Espreito-os quando quero recordar velhos tempos e, agora a dolorosa, confirmar que os anos passaram por mim. Ontem o meu afilhado fez 17 anos (GOD, 17 😩!!), hoje ainda estou a processar essa informação. Mas, como dizia, o objetivo em voltar a ver os álbuns prende-se sobretudo com a minha intenção em mostrar aos meus filhos esses tempos idos. Acontecimentos e pessoas de mil novecentos e tal ... que também fazem parte da nossa história, do nosso património familiar. Sucedido, neste momento tenho em meu poder verdadeiras relíquias fotográficas. Por isso, família e amigos, eu tenho armas, armas capazes de arruinar a vossa beleza atual 😂 mas vou partilhando somente as minhas sob pena de ser ameaçada (como fui pela minha irmã, porque partilhei no meu instagram uma fotografia em que estou eu e ela, eu com 6 anos ela com 10, vestidas de marinheiras, mas não no carnaval)!

 

E por falar em memórias ... há uns dias uma amiga de infância, partilhou uma fotografia enternecedora da nossa turma aqui na escola primária da aldeia. Éramos pequeninos. Muito pequeninos com 7 ou 8 anos. Eu, como sempre fui muito baixinha, parecia ter 4. Adiante ... respondi a essa minha amiga que iria arranjar umas fotos para a troca. E assim fiz. A diferença é que nas que se seguem já somos todos um pouco mais crescidos, estávamos no segundo ou terceiro ciclo na escola de montelavar. Ontem partilhei uma na minha página de facebook e um colega pediu mais ... assim seja, cá vão as que tenho ...

 

 

 

Colégio de Lapiás recebeu a nutricionista

Que a alimentação saudável faz todo o sentido para o nosso equilíbrio e bem-estar já nós sabemos. Também a nutricionista aqui do sítio faz o favor de nos relembrar todas as semanas. Que um disparate/guloseima uma vez por outra pode entrar nas nossas vidas, também já tínhamos assimilado. Agora, o mais difícil pode ser passar estas informações a crianças do ensino pré-escolar. Ou será que não é assim tão complicado? 

 

Foi no sentido de despertar e de alertar as crianças para os benefícios de uma boa alimentação, que a educadora Ana Boaventura, do Colégio de Lapiás em Pêro Pinheiro, convidou a nossa nutricionista Liliana Janicas para lhes falar. Amanhã, no seu espaço habitual, a Liliana escreverá sobre o assunto. Hoje escrevo estas linhas também em jeito de reconhecimento pelo esforço que é feito, neste colégio em particular, no sentido de melhorar a educação alimentar das crianças. 

IMG_2825.jpg

 

 

Futebol contaminado

Desvio a atenção dos meus filhos das mais recentes notícias sobre "desporto". Aqui a palavra desporto entre aspas porque, definitivamente, não são esses os valores desportivos que considero adequados e bonitos de passar aos meus. E nem tão pouco é este desporto que gosto de ver e apreciar. Refiro-me obviamente às declarações de Bruno de Carvalho dirigidas aos jornalistas na última Assembleia Geral do Sporting e aos incidentes de ontem em Guimarães que resultaram em deprimentes e condenáveis cenas de agressões.  

 

Há algum tempo que insisto no facto do panorama futebolístico estar altamente contaminado por valores e ideais que em nada dignificam o futebol português. Há nuvens pesadas que escurecem os clubes e, pelo que vou assistindo, não há meio de se dissiparem. Esta escuridão, que se acentua ano após ano, está a fazer desaparecer o futebol espetáculo dando lugar a casos de polícia e de justiça, a troca de insultos e ofensas em debates desportivos, a agressões entre adeptos, a comunicados incendiários vindos precisamente de dirigentes desportivos. São horas e horas de tempo de antena nos meios de comunicação social dedicado a este futebol mesquinho e vulgar, carregado de pessoas reles que não deveriam, em tempo algum, ter um microfone por perto! E aqui deixo a minha crítica às televisões que permitem a presença de muitos arruaceiros no lugar de comentadores desportivos e esse nem sempre é o melhor caminho, como de resto se tem visto! (Mais Ribeiros Cristóvãos por favor!!!)

woman-638384_960_720.jpg

Tenho pena que assim tenha ficado este mundo do futebol. Mundo esse onde o meu filho mais novo entrou recentemente e onde eu gostava que servisse, não só mas também, para reforçar valores como o respeito pelo adversário. Aquele principio básico em qualquer desporto, e aqui sem aspas! 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Procuro formações para bloggers

Há algum tempo que procuro e comparo formações/workshops sobre blogs e para bloggers. Ainda não me decidi por nenhuma. Ou porque não tenho disponibilidade horária ou porque considero demasiado dispendiosa. Mas, a verdade é que as dúvidas em relação a uma série de coisas sobre este mundo da blogosfera aumentam e sinto que só as conseguirei ver esclarecidas numa formação para o efeito! Há todo um conjunto de técnicas que desconheço. Algo me diz que não posso continuar na ignorância ... está então na hora de começar a interessar-me, nomeadamente pela componente técnica (da qual fujo a sete pés) tão importante para o desenvolvimento do meu blog, do meu meio de comunicação.

 

Dadas as circunstâncias, ando no mercado das formações e atenta a alguns sites para que deste ano não passe. O objetivo será uma ou mais formações na área. Era uma das resoluções de 2018 e também uma das mais fáceis e acessíveis de cumprir. Vamos ver o que consigo ...

3dd99fe78ffa3b8d82adab610174e1d8.jpg

 

Se souberem de alguma formação interessante enviem-me o link para que possa comparar com o que já vi até agora. 

Obrigada

Beijinhos 😍

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Pág. 1/2

A Blogger:

Cátia Santos catiafsantos@hotmail.com

Segue-me:

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D