Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

A Rapariga na Aldeia

Reunião de Pais e Reunião de Pai/Mãe.

Há informações que os diretores de turma (d.t.) precisam de passar aos pais e, já sabemos, as reuniões de pais são "o momento ideal". Muitas dessas informações vão para lá das notas de final de período dos nossos filhos (essas estão escarrapachadas nas paredes), estou a lembrar-me por exemplo de pedidos de colaboração dos pais nos diferentes projetos em que a turma está envolvida. Por mim, perfeito. Sou grande defensora da interação pais-escola. Acho importante eu saber quem "do lado de lá" está com os meus filhos assim como considero conveniente os professores saberem que existe um "lado de cá" interessado, atento e disposto a colaborar. Assim sendo, por norma, não falto a nenhuma reunião de pais, a não ser quando são as duas à mesma hora e em escolas diferentes! Aí já se sabe, sem o dom da ubiquidade, que tanta falta me tem feito desde que fui mãe de dois, lá tento arranjar a melhor maneira de não sair mal nas duas fotografias. 

 

Por outro lado, a verdade é que saio dessas mesmas reuniões de pais sem saber muito mais sobre o desempenho escolar dos meus filhos do que o que vem na folha de avaliação individual. E isso chega? Para muitos, certo é que chegará. Para mim, é cada vez mais insuficiente e por isso, a cada vez que o assunto merece, peço para reunir 10 minutos com o professor. Já me aconteceu duas ou três vezes ter de o fazer porque durante as ditas reuniões de pais não há lugar para individualizar, precisamente porque estão outros pais ao nosso lado, a ouvir o nosso diálogo com a professora. Situações que podem provocar desconforto a todas as partes envolvidas. E isto não é uma crítica. É um facto! 

 

Por isso, acho que os d.t. deviam manter as famosas "reuniões de pais" porque há efetivamente assuntos que interessam a todos os pais e torna-se mais fácil o professor informar de uma só vez. Mas, e sei que muitos já o fazem, acho que também seria bem proveitoso aderirem à ideia de "reuniões de mãe/pai" de dez minutinhos para nos passar informações sobre os nossos filhos e só sobre os nossos. Desta forma, chegaríamos a "reuniões de pai/mãe" bem mais vantajosas! Para todos! 

classroom-management-parent-conference.jpg

 

Fica a sugestão 😀

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Sugestão Saudável (88)

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

 

ESTUFADO DE LENTILHAS COM OVOS ESCALFADOS 

IMG_4372lc-750x422.jpg

 

Já comeu lentilhas? Conhece o seu valor nutricional?

 

A lentilha é uma leguminosa, tal como o grão, feijão, ervilha e fava. É um alimento super nutritivo, com uma composição nutricional idêntica às restantes leguminosas. Por 100g (já cozida), que são aproximadamente 4 colheres de sopa, contêm cerca de 100kcal, destacando-se o seu conteúdo em proteína, amido e fibra, e a ausência de gordura e de açúcar.

Em termos micronutricionais, as lentilhas são ricas em vitaminas do complexo B, bem como em potássio, fósforo, ferro e zinco. Contêm ainda os oligoelementos selénio e manganês em quantidades consideráveis. Podemos dizer que a lentilha é um alimento saudável e com várias propriedades benéficas para a saúde, em especial para indivíduos com anemia, obstipação, colesterol elevado, HTA, e também na Gravidez! Pode também ser interessante na Diabetes e em planos de emagrecimento.

 

Portanto, se não conhecia a lentilha aqui fica uma receita para experimentar! Para quem já comeu e não apreciou as lentilhas pode fazer esta receita com ervilhas, grão ou apenas com vários legumes!

 

 

Também seguem o João Cajuda?

Sigo o João Cajuda nas redes. Não, não é por ser um tremendo gatinho mas porque o rapaz é blogger de viagens. Um dos mais influentes do mundo! E, não podendo viajar como gostaria, vou acompanhando as partilhas das suas viagens e sonhando, num futuro longínquo, com a Indonésia, as Filipinas, a Tailândia, a Patagónia, a Austrália ... depois multiplico por dois ou por quatro e acordo assustada com suores frios!! 

 

Ora, confesso que não me importava de saborear aquela vidinha de chinelo no pé durante um ano. Não pedia mais, mesmo sabendo que poderia, eventualmente, ser tempo insuficiente para os sítios que gostava de conhecer. A ideia de passar um ano a viajar, a conhecer mundo e a mostrá-lo aos meus, era assim uma das melhores experiências que podia ter na vida! Depois voltávamos para a nossa alegre casinha que tanto gostamos!  

 

Quem tem alma de viajante e alguma disponibilidade (€) deve mesmo seguir este rapaz. A sua conta de Instagram é de cortar a respiração!! E agora só para começarem a fazer contas à vida e às férias, ide lá ao site do moço, que no separador "tours with me" devem encontrar alguma coisita que vos alicie! 

 

E vocês já seguem este blogger

Se não, fazem mal, muito mal! Deixo-vos algumas fotografias para verem o que andam a perder ☺️

 

 

Uma Macaca na Cidade (54)

#gettingthingsdone

 

Há precisamente um ano, escrevia lá no meu sótão que janeiro é mês de #gettingthingsdone (ler aqui). 

 

No arranque de 2018, as coisas não estão a ser muito diferentes. Estou orgulhosa de mim!

 

Já marquei e reservei férias na Páscoa (uma escapadela com os miúdos a uma capital europeia e uma estreia no Airbnb).

 

Já recomecei o meu exercício pós-pós parto 1x/semana (ontem foi dia de localizada e hoje estou toda partidinha!) e ando em busca de outro tipo de exercício para complementar e diversificar o que já faço. Experimentei Pilates (num estúdio de Pilates clássico) mas, sinceramente, não me identifiquei. Para além de que aquilo é extremamente desafiante e rigoroso (desengane-se quem acha que Pilates consiste apenas em alongamentozitos de caracacá!). Amanhã vou dar uma segunda oportunidade ao yoga, que pratiquei em tempos, mas acho que no timing errado. Desconfio que poderá ser por aí, uma cena mais mindfulness… A ver… E talvez – TALVEZ! – invista um pouco mais na corrida (quem diria que alguma vez me iam sair estas palavras da boca!).

girl-1665173_960_720.jpg

Consultas da praxe todas agendadas! Minhas e dos miúdos.

 

A marmita com o almoço, essa, já faz parte de mim. No mesmo saco da marmita, o livro que ando a ler (efetivamente a ler!) e não apenas a passeá-lo. Os transportes são aquele momento em que “mato dois coelhos de uma cajadada só”, isto é, em que cumpro logo duas resoluções/objetivos: leio mais e passo menos tempo agarrada ao telemóvel.

 

Ainda não fiz a grande arrumação de início do ano, mas fevereiro também pode ser mês de #gettingthingsdone, sobretudo indoor, na medida em que é um mês por norma bem frio e aborrecido.

 

E porque não há bela sem senão… Alvíssaras a quem adivinhar o meu grande handicap… As faturas e a burocracia/economia doméstica, pois claro! Todos os anos prometo que vai ser diferente, mas não há forma de me organizar a este nível…

 

Dicas, por favor, precisam-se!!! Tenham a bondade de me auxiliar.

 

E vocês, como foi o vosso janeiro?

Como vai ser o resto do ano?

 

2018 é ano de #gettingthingsdone! Bora lá malta!

 

Beijos e cuidem-se.

roupa-para-bebs-na-fantasia-de-macaco-g-18919-MLB2 

MGPC

Disfarces de Carnaval para além do óbvio (parte 2)

As sugestões de disfarces que hoje vos trago são para casais. Também nisto os casais apaixonados podem estar juntos e, porque não, encarnar uma dupla de personagens famosa em todo o mundo, pois já se sabe que a velha máxima do "na alegria e na tristeza, no Carnaval e no mal" deve ser aplicada todos os dias 😁! Assim sendo, seguem algumas ideias que entretanto fui pesquisando a propósito dos dias de folia que por aí estão a chegar. 

 

Tem Homer Simpson e Marge? Sim, tem. Tem Fiona e Shrek? Sim, tem. Tem Capuchinho Vermelho e Lobo Mau? Sim, tem. Basicamente tem tudo bem lamechas como o amor deve ser ... 

 

 

Alguém disse #20

"Quando Trump deixar a Casa Branca, e vai ter de acabar por a deixar, terá causado danos irreversíveis na maior potência do planeta. Terá prejudicado, e terminado, a vida de milhões de pessoas, terá destruído ecossistemas, os do ambiente e os da economia (...) terá contribuído para uma maior desigualdade social, terá diminuído e desprestigiado a autoridade do Congresso, terá danificado a reputação dos políticos de carreira e do serviço público, terá feito da mentira uma teoria política, (...) terá incentivado a violência nas classes baixas. (...) Trump é, exclusivamente, lealmente, fanaticamente, por Trump e maior glória de Trump. A imagem de Trump. A fama de Trump. O dinheiro de Trump. O poder de Trump. (...) Trump é, evidentemente, racista e odeia o multiculturalismo."

 

 Clara Ferreira Alves, Revista E, balanço da presidência Trump. 

 

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Esta (pobre) mãe aos olhos dos filhos

Pedi aos meus filhos que me descrevessem. Afinal de contas, e porque passamos muito tempo juntos, conhecem-me como ninguém. Mesmo temendo o pior e podendo estar sujeita a uma verdadeira chuva de criticas, apetecia-me faze-los pensar e também porque efetivamente não tínhamos mais nada para fazer 😁. O mais novo arrancou mal. De imediato disse "a mãe é chata". Tive de por logo travão de maneira a que, no final, o saldo fosse positivo. É que se este filho ganha as rédeas à conversa eu ficava aqui com os meus níveis de popularidade a roçar o negativo. Portanto, isto começou mais ou menos assim "para tudo, ponham o peão na casa da partida, concentrem-se e digam lá como é a vossa querida mãezinha, vá, sem medos, que o jantar chega para todos..." 

E deixei-os falar 😀

 

"a mãe é chata, quer dizer, às vezes. Outras vezes faz tudo o que queremos e mais parece uma criança. A mãe dá beijinhos e ajuda nos TPC's. Portanto, a mãe até é cool! A mãe ralha e às vezes até berra. A mãe é bacana. A mãe não gosta de fazer exercício físico, quer dizer, quando chove. A mãe odeia passar a ferro, cozinhar e limpar a casa e isso deixa-a de mau humor. A mãe às vezes é irritante mas é bonita. E não se importava de ser ainda mais. A mãe é magra e já não se importa porque o pai diz que ela está elegante. A mãe gosta de ver os Morangos com Açúcar connosco. Em todas as fotografias a mãe fica com um olho mais fechado. Por isso já nem sequer lhe tiramos fotografias. Pois é, ela diz sempre que fica horrível nas fotos por causa daquele olho! A mãe usa robe por cima da roupa quando está em casa, é muito estranho! A mãe manda todos fazer silêncio quando vê telejornais, é que nem podemos espirrar! A mãe não consegue ver filmes connosco no sofá porque ... adormece. Deve ser da idade porque o avô também adormece no sofá! A mãe vê mal, usa óculos mas diz que não precisa. A mãe gosta de ter tudo perfeito. A mãe diz sempre que sabe tudo mas alguns exercícios de matemática deixa para o pai. A mãe anda sempre com calendários e agendas, nem sei porquê! A mãe gosta dos filhos e os filhos gostam da mãe. Tipo muito." 

 

E o jantar chegou mesmo para todos ❤️

Bom fim-de-semana 😍

IMG_0103.jpg

Saudades do verão 

 

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Do populismo

Ele - Sabes mãe, cinco meninas da minha sala gostam de mim e eu até nem sou assim tão popular ... imagina se fosse!! 

 

Eu (disse) - Ái filho, tu e os números ... 😁

 

Eu (pensei) - quanto mais popular mais dores de cabeça, é o que é!!!! 😩

IMG_1444.jpg

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Disfarces de Carnaval para além do óbvio (parte 1)

Já anda tudo a pensar em Carnaval, certo? Pessoal de Torres Vedras, como estamos? E os assaltos, tudo joia?!! E ideias para disfarces? Já está tudo devidamente planeado desde agosto passado, não é? Pois bem, então esta informação não é para vocês mas sim para quem está fraquinho ao nível da originalidade. Hoje decidi deixar-vos uma pequena seleção de disfarces. Na promessa de que, na próxima semana, terá lugar um post com sugestões para adultos com bolinha vermelha para que possam inspirar-se e, quem sabe, ganhar o prémio da máscara mais original do carnaval de 2018.

 

Vamos começar então pelo melhor do mundo, as fofinhas das crianças ... que, como sabemos, insistem em mascarar-se de princesas e super-heróis, boring boring boring (os meus filhos fazem parte deste grupo). Porém, cabe a nós, pais, mostrar-lhes que há vida para além do óbvio ... ora vejam ... 

 

 

 

Pág. 1/4

A Blogger:

Cátia Santos catiafsantos@hotmail.com

Segue-me:

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D