Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

A Rapariga na Aldeia

Podia ser inglês ou americano, mas ela prefere francês!

Todos os anos passamos pelo mesmo dilema relativamente ao presente de Natal dos nossos filhos. Queremos oferecer "A" prenda. Especial. Única. A surpresa das surpresas. Que marque o Natal daquele ano. Nem sempre conseguimos tal proeza porque há sempre as prendas dos avós e da tia que, se nos descuidarmos, ofuscam o brilhantismo da nossa! Dito assim até parece que entramos em competição. Não é de todo o caso. Por aqui, os adultos costumam partilhar as suas intenções de maneira a evitar os presentes repetidos! Este ano não foi exceção. Lá se trocou impressões sobre bonecas e super-heróis! 

 

Quanto a essa complexa tarefa, fizemos a nossa parte e o presente já vive nesta casa. Escondido obviamente. É que eles são meninos para, sem querer 😊, rasgar o embrulho! Mas, a verdade é que, os pestinhas responsáveis por metade dos meus cabelos brancos, portaram-se muito bem na escola e são uns bons filhos e, para além disso tudo, eu e o pai nesta altura do ano ficamos uns corações de manteiga!  

 

Mas, enquanto ainda tínhamos muitas dúvidas em relação à prenda deles, um dia destes, quisemos saber o que gostavam mesmo mesmo mesmo de receber do "Pai Natal". O Francisco foi logo o primeiro a falar e eu previa que mais ninguém tivesse oportunidade de o fazer. Uma lista imensa. Coisas esquisitas, jogos desconhecidos e meia hora de peditório. A Maria, sempre um pouco mais contida, avançou devagar e com medo de se magoar com um "não" redondo! Enquanto ela enumerava os seus desejos, ele lembrava-se de só mais um brinquedo para acrescentar à sua longa lista e punha o dedo no ar (como na sala de aula). 

 

Bem, como devem calcular, pediram tudo e mais um par de botas. Ups, esperem, isso fui eu ... Mas adiante, no meio da algazarra, olharam para a televisão e viram o Miguel Sousa Tavares, no seu habitual espaço de comentário e, imediatamente, como se se tivesse feito luz na sua pequena cabeça, ela disse ... 

 

Já sei mãe e pai, quero um cão. Um bulldog francês 

Collage_Fotor2.jpg

E a partir desse dia nunca mais olhei para o senhor da mesma maneira. Estes filhos destroem os meus heróis em três tempos! 

E se eu gosto de ouvir o que ele tem para dizer ao país e ao mundo! 😂

 

Fichas de avaliação para casa já sff

Aproveito o final do primeiro período escolar para, mais uma vez, manifestar a minha insatisfação, para não dizer outra coisa, sobre o facto das fichas de avaliação (do ensino público) ficarem retidas na escola, sem qualquer hipótese de virem a/para casa. A sério! Por mais anos que passem, não consigo aceitar esta regra absurda! Isto porque, como já escrevi, sou eu a explicadora dos meus filhos. Sou eu quem os prepara para as fichas de avaliação. Não só porque tenho disponibilidade para tal como gosto de estar por dentro das matérias lecionadas. Portanto, eu e todas as outras mães, explicadoras e pessoas interessadas no assunto temos o direito de analisar as perguntas das fichas de avaliação com as nossas crianças! Certo? Não é pedir demais! Os professores dizem-me que é feita a correção detalhadamente na sala de aula. Em relação a isso, perfeito. Também era só o que faltava não corrigirem as fichas em aula! 

board-953156__340.jpg

Quando a minha filha mais velha andava no primeiro ano e me apercebi desta situação, tratei logo de reclamar, em tempo útil e em sede própria, ou seja enviar recados escritos à professora, precisamente a solicitar que as fichas viessem a casa, nem que fosse por um dia! Mas, de nada valeu! Regras são regras e os professores não as podem contornar! Se eu fosse professora, que remédio teria senão fazer o mesmo. Portanto, entendo, mas discordo totalmente.

 

 

 

O que Elas dizem sobre a Rapariga

A Rapariga na Aldeia está de Parabéns pelo seu primeiro aniversário! Ganhou vida pela Cátia e tem conquistado público pela sua simplicidade e autenticidade! É um blog que nos é querido pelos temas do quotidiano e da atualidade. Faz-nos pensar, refletir, rir e perceber que todos somos humanos e que todos temos a nossa vida diferente mas com pontos em comum. As entrevistas mensais têm sido bem escolhidas e realizadas e tem dado a conhecer este cantinho do Mundo!

Aproveito para agradecer à Cátia o convite e o desafio que me lançou em Março deste ano: “Escrever um post semanal para blog sobre alimentação/nutrição. Algo simples e acessível para o público em geral”. Agradeci o convite e aceitei o desafio. Conheci o blog em Fevereiro e quando li alguns posts pensei que era algo engraçado para fazer mas que requeria algum tempo! Não pude deixar de achar engraçado a coincidência, quando recebi a mensagem da Cátia! Para mim tem sido uma experiência muito gratificante, principalmente quando sou abordada por várias pessoas que dizem que seguem o blog e os posts Sugestão Saudável, e referem que gostam muito! É bom partilhar ideias e interesses comuns, ler faz bem e aprendemos sempre alguma coisa!

Que o blog continue a partilhar vários assuntos, que vá de encontro aos gostos, interesses e necessidades dos leitores! 

E assim passou um ano, venha o próximo!!

Que 2017 seja ainda um ano melhor e mais produtivo 😁

Liliana Janicas

keep-calm-que-o-blog-faz-1-ano.jpg.png

“Como assim já passou um ano?”. Esta foi a minha reação quando a Cátia me pediu que escrevesse algo especial para assinalar o primeiro ano de vida do A Rapariga na Aldeia. Na verdade, esta é quase sempre a minha reação quando o assunto são datas! É que o tempo voa minha gente e quando damos conta andamos a correr atrás do prejuízo… Não é, de todo, o caso da Cátia, que pegou no tempo livre que se viu forçada a ter e… criou um blog! Mas não é um blog qualquer… Nem sequer é mais um blog… É um projeto que aparece desde logo com uma forma inteligente e uma estrutura pensada, que cativa desde o início pelo modo como também se estende às redes sociais (Facebook, nomeadamente). Um espaço em que a Cátia dá largas, de forma harmoniosa, àquilo que ela é, nas suas mais variadas vertentes – rapariga da aldeia, mãe, jornalista (as entrevistas têm-me surpreendido muito pela positiva, palavra de colega!) – e sempre com a boa disposição, descomplicação e simplicidade/autenticidade que a caraterizam. 

Cátia, tens nesta macaca citadina, para além de uma leitora interessada e assídua, uma colaboradora (imposta ahahahahah e nem sempre tão assídua) e uma amiga por mais dois, cinco ou 100 anos… PARABÉNS!!! Keep up the good work!

Macaca da Cidade

1 Ano d'A Rapariga na Aldeia

IMG_6332_Fotor1.jpg

Faz hoje precisamente um ano que escrevi o primeiro post neste blog. Onde é que eu estava com a cabeça para ter arrancado com isto num dia 13? Há coisas para as quais não consigo uma explicação decente! Esta é uma delas mas, aparentemente irrelevante, dirão alguns de vocês! A verdade é que passou depressa. Parece que foi ontem que pensava num nome para o blog. Socorro. Um nome. Que aflição. Há um ano, estava aqui, nesta mesma cadeira, a cuspir nomes à espera da aprovação dos meus filhos e do homem, que entretanto já me tinha trocado pelo Sporting! Parece que foi ontem que comecei a atormentar a minha cabeça com a urgência de conteúdos diários para escrever. Sonhava com entrevistas, conteúdos e rotinas que devia criar. À medida que o tempo foi passando, fui percebendo um pouco mais deste mundo da blogosfera e tirando as minhas conclusões, nem sempre acertadas, como já era de esperar! 

 

Este espaço já me ensinou muita coisa interessante em relação às pessoas que se vão cruzando no meu caminho. Já me acrescentou as experiências de vida de quem entrevisto. Já me viciou pois quanto mais horas lhe dedico melhor me sinto! Nunca pensei que, no meio desta vida acelerada (mãe, mulher, filha, roupa para lavar, bifes para descongelar) houvesse tempo para a dinâmica diária que incuto à Rapariga na Aldeia. Nunca me passou pela cabeça que os meus textos poderiam vir a ter tanto público! 

  

Agora os agradecimentos:

 

 

Presentes para Eles

A pedido de muitas famílias ... mentira! A pedido de UMA família, seguem as minhas sugestões de presentes para os seres mais difíceis do mundo e arredores - os homens! É todos os anos uma carga de trabalhos quando chega a hora de uma mulher comprar "a" prenda para o amigo, marido, pai... Enfim, homens no geral. "A" dor de cabeça de sempre. Posto isto, estava em falta com a minha pequena ajuda, cá vai ... 🎁🎁🎁

Jantar das Raparigas (sem ligeiro atraso! 😂)

Este ano o jantar de Natal das Raparigas (da aldeia) contou com cinco baixas de peso. Obviamente que o trabalho se sobrepõe à rambóia, assim como uma gripe ou um bebé que mama de duas em duas horas! Mas, amigas ausentes, não vale a pena lamentos. Poderá haver uma segunda ronda. Talvez lá para os Reis ... Comecem a pensar no assunto. 

 

Fizemos "a festa" no Italy Caffé. Provavelmente o melhor restaurante italiano em Lisboa. 5 estrelas! Das entradas às sobremesas, passando pelas massas e pizzas! Tudo muito bom. O único senão é que os empregados de mesa falavam italiano. Mas, com o barulho das luzes e o dedo apontado à carta, lá nos entendemos na perfeição! Todos os constrangimentos foram ultrapassados quando nos chamaram bambinas. Senhores, foi música para os nossos ouvidos!!

Collage_Fotor1_Fotor2.jpg

 Acho que até passámos despercebidas com os adereços de natal, não?

 

O pior, e sempre o pior, é o dia seguinte em que só me ocorre chamar o Sérgio Godinho e o seu Elixir da Eterna Juventude para a minha história. "Estou velho! Dói-me o joelho. Dói-me parte do antebraço. Dói-me a parte interna. De uma perna. E parte amiga. Da barriga. Que fadiga. O que é que eu faço? Escolho o baço ou o almoço? Dói o pescoço. É do excesso. Do ex-sexo. Alvoroço. Reboliço. Perco o viço. Já soluço. Já sobroço. Esmiúço. Os meus sintomas. E já agora, do meu médico. Os diplomas. Esmiúço. A consciência. E já agora, apresento a penitência". 

 

Dormi três horas porque tinha um trabalho no dia seguinte de manhã. Daí o meu desespero. Já não tenho a genica do presidente Marcelo e as noitadas têm o poder de me atirar ao tapete! Como já não estou habituada a deitar tão tarde, o meu dia seguinte é sempre de mal-estar, frio, sede, pouco apetite e sono, muito sono! Credo. Só sintomas de uma verdadeira ressaca de quem, quando conduz, não bebe! 

 

Mas uma rapariga não tem muitas oportunidade de estar com as amigas de infância de maneira que acha sempre que o tempo passa depressa quando estamos à conversa. Quando nos apercebemos já está quase a amanhecer e já nada se pode fazer, a não ser correr para a cama! 

 

A verdade é que me sabe sempre a pouco as horas que estamos sentadas à mesa, a partilhar disparates e a empolgar histórias que só entre nós têm graça! ♥️Para o ano há mais! 

 

"Anjas" arrasam inimigas!

O vídeo que se segue tem TUDO EM BOM. Das "Anjas" da Victoria Secret ao som do meu Starboy preferido. Portanto vale bem a pena perder alguns minutos desta sexta feira, que também é sempre um dia espetacular, e ver toda esta gente linda e bem disposta a espalhar magia num desfile em Paris (de França)😜. Há The Weeknd, há Irinas Shayk, há Saras Sampaio, há charme, beleza e há aqui uma rapariga em lágrimas a roer-se de inveja! 

 

Mulheres - não mostrem este vídeo aos maridos. Vá que se põem a fazer comparações com o que têm em casa e há todo um fim de semana arruinado! 

 

Homens - Pasmem-se. Babem-se! Não é todos os dias que se tem oportunidade de ver tanta mulher bonita junta! 

 

Senhoras e senhores, SOM NA CAIXA ...

 

Nos bastidores da Piriquita

Escolhi um dia de nevoeiro para visitar a romântica vila de Sintra. Nada melhor que o habitual céu cinzento e um frio de rachar para a tornar ainda mais encantadora. Por mais vezes que vá a Sintra, não deixo de ficar deslumbrada com aqueles palácios e castelos dignos de contos de fadas. Há todo um mistério naquela serra! A saber - A Paisagem Cultural de Sintra está classificada pela UNESCO como Património da Humanidade. 👏👏👏. Portanto, quem nunca visitou Sintra, é favor de aproveitar esta quadra para o fazer e usufruir da magia desta vila!  

 

Mas, um passeio ao centro histórico de Sintra inclui, obrigatoriamente, um lanche na Piriquita. Certo? A Piriquita começou por ser uma padaria mas, o rei D. Carlos teve a feliz ideia de dar uma receita de queijadas a uma senhora que, por ser muito baixinha, batizou de Piriquita e assim, a padaria evoluiu para a pastelaria que hoje vos dou a conhecer um pouco melhor.  

IMG_6243.jpgAqui a entrada da pastelaria Piriquita numa rua típica do centro histórico de Sintra.   

 

 

Sou toda explicadora

Também os meus filhos têm um quadro branco igual ao do Nuno Espírito Santo (treinador do FCP) que serve essencialmente para brincarem aos professores! Mas, estes últimos dias têm sido de pouca brincadeira e de muito estudo porque esta semana há fichas de avaliação para todos os gostos! Até para mim que, por poucos anos da minha vida, pensei que nunca mais iria mexer no capítulo tabuada! Está visto que me enganei! 

 

Portanto, o tal quadro branco tem sido o meu grande aliado. Explico-lhes inúmeras táticas e técnicas. Desenho pulmões, pâncreas e estômagos. Ângulos de toda a espécie e feitio. Tabuadas (abençoado Ratinho). Distingo palavras homónimas, homófonas e homógrafas! Uma alegria. Sou assim, sem querer e na ausência de melhor, a explicadora dos meus filhos! Não posso planear nada esta semana a partir da hora que chegam a casa. Bem vistas as coisas, também eu tenho fichas de avaliação! 

 

Acredito que os meus filhos ainda não tenham percebido a minha fragilidade na matemática. Falta-me o que eu chamo de "raciocínio matemático" mas faço-me de entendida e, outra vez, o quadro branco dá-me forças!! Meto os óculos. Marcador na mão e é vê-los boquiabertos a admirar-me! Eles acham que a mãe é a maior em todas as matérias! Não posso desiludir! Têm a vida toda para perceber que a mãe dá-se mal com as contas de dividir cheias de vírgulas! 

 

Portanto, assim tem sido a minha vida nos últimos dias, uma explicadora com pouca queda para algumas matérias mas a ter de manter as bolas todas no ar e mostrar-se entendida em tuuuddddo! 

 

Na próxima semana, era fazermos as malas e metermo-nos num avião com destino a um merecido paraíso. Isso é que era de gente esperta! Mas, mais uma vez, os números falam mais alto! Raios partam a matemática 😡

A Blogger:

Cátia Santos catiafsantos@hotmail.com

Segue-me:

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D