Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

A Rapariga na Aldeia

Fortalecer a relação logo de manhã!

Nada melhor que um estudo (e o que eu gosto de estudos!), daqueles mesmo sérios e cientificamente comprovados, para percebermos como anda a saúde da nossa relação amorosa. Se, por um lado, tem pernas para andar ou se o ponto final é a melhor solução! Refiro-me àqueles artigos que, por norma, dizemos que só lemos os títulos quando na verdade não é bem assim. Todos nós já abrimos links intitulados: "como salvar a sua relação numa semana", "dez sinais de que o seu casamento vai acabar" ou "como perceber se o seu parceiro a engana". 

 

Ora bem, há uns tempos bati com os olhos nesta compilação de conselhos para fortalecer a relação amorosa e, como o que tinha para fazer podia esperar, abri o link para ler o que dizia a revista Men's Health (edição americana) sobre um assunto tão delicado como este:

 

6 coisas simples que pode fazer logo pela manhã com o seu parceiro para fortalecer a relação: (e não, não está incluído fazer "o amor")

 

 

 

Nova rubrica "Uma Macaca na Cidade"

Queridos leitores, como perceberam o texto de ontem Taxistas Uber-Revoltados foi escrito por uma rapariga da cidade e não por mim. Passo a apresentar-vos a nova rubrica que aqui nasceu ontem, a que demos um nome bem pomposo - Uma Macaca na Cidade. 🐒

roupa-para-bebs-na-fantasia-de-macaco-g-18919-MLB2

Isn't She lovely?

 

Esta rapariga da cidade, vive em Lisboa (perto do aeroporto - não lhe gabo a sorte 😀) é jornalista, mãe de dois e bloguer. A sua colaboração n'A Rapariga na Aldeia, diz ela, vai acrescentar alguma urbanidade ao blogue. Nos seus textos semanais, irá abordar conceitos do dia-a-dia, explorar peripécias relacionadas com o quotidiano de mulher, mãe e trabalhadora na cidade e novidades ao nível de lojas, moda e restauração! Tudo isto com um toque de humor que, diz ela "não dispenso nos meus posts"- 

 

Conhecemo-nos numa altura em que eu também trabalhei em Lisboa. Passaram três anos desde que saí da empresa mas fomos mantendo o contato através das redes sociais. Ela acompanha o meu blogue desde o inicio e eu passei a fazer visita diária ao  blogue dela Macaquinhas no Sótão. Entretanto surgiu esta ideia. A colaboração de uma Rapariga da Cidade n'A Rapariga na Aldeia. Estranho? Não. Nada disso. Vai ser espetacular! Vivo com esta velha máxima de que juntos somos mais fortes de maneira que aceitei de imediato a criação da nova rubrica Uma Macaca na Cidade 🐒! Na verdade larguei um mega SIMMMMMM à Ronaldo! Sem qualquer dúvida ou hesitação! 

 

Assim sendo, meus queridos leitores, vamos ser todos muito simpáticos com ela para que se mantenha por cá por muito muito tempo e se sinta confortável no meio de nós!

 

Bem-vinda pequena 🐒!

 

 

Save the name Uma Macaca na Cidade 

Sugestão Saudável (26)

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

 

Bacalhau à Brás light e algumas sugestões saudáveis

14610801_10211088301830360_640109329_n.png.jpeg

 

Esta semana vou partilhar a receita do bacalhau à brás light. É fácil e rápida de preparar. É mais saudável que a receita original pois diminui consideravelmente a gordura e os glícidos, logo é aconselhável para pessoas com excesso de peso, mas também para a maioria das pessoas. Nunca se esqueçam que podemos sempre alterar algumas receitas originais, substituir alguns alimentos mais calóricos e menos saudáveis por alimentos mais saudáveis como por exemplo os vegetais.

 

 

 

Taxistas Uber-Revoltados

Sou alfacinha de gema, mãe de dois, jornalista, bloguer (Macaquinhas no sótão). Gosto de escrever e de tudo o que tem a ver com livros/literatura e com gastronomia. Com esta nova rubrica vou imprimir alguma urbanidade ao blogue da querida Cátia, a rapariga da aldeia com mais pinta que conheço!

 

 

Não haveria melhor forma de dar início a esta rubrica urbana do que com uma cena típica de grandes cidades: uma manifestação!

 

E logo uma marcha lenta/concentração de motoristas de táxi (querem coisa mais digna de uma grande capital?). A bem dizer, “digna” não é de todo o melhor adjetivo neste contexto…


Ora bem, desde já aqui deixo a minha declaração de interesses: escrevo esta crónica como utente assídua de carros de praça lisboeta e pessoa-virgem na utilização de empresas como a Uber e a Cabify (embora neste momento esteja a escrever esta crónica com uma mão e a instalar a app da Uber no meu smartphone com a outra). Essencial para este relato é, ainda, o facto de – pouca sorte a minha – viver a uns 15 minutos (a pé!) do aeroporto (neste momento já consigo sentir a vossa pena e solidariedade!).


Como devem calcular, enquanto cliente-frequente de táxis em Lisboa, já “apanhei” de tudo um pouco, mas deixo-vos aqui uma coletânea daquilo que vos pode acontecer ao sentarem-se no banco de trás de um “preto-e-verde” (Sim, para mim os táxis são preto e verdes! Que querem? Sou uma moça antiga!):

 

 

" It was All Yellow"

 

Para mais informações basta clicar em cima das imagens 😁! 

 

Isto é o resultado de mais uma experiência fortemente influenciada pela prima mais nova. Obrigada priminha ♥️. Isto tem tudo para correr bem! 

Uma questão de números

Um dia destes os meus filhos brincavam aos professores. Ela era a professora (pois claro) e ele (muito contrariado) o aluno. A disciplina que, julgo eu, eles mais detestam é matemática mas foi precisamente a uma aula de matemática que eles brincavam. Dava gosto ver o ar de enjoo do aluno em contraste com a satisfação da professora!! Eis que depois de algum esforço para manter o aluno sentado e de pés no chão, a professora lança a seguinte pergunta:

 

- (Mano) vê se consegues resolver este problema de matemática: O Ulisses tem 40 milhões de euros e a Estrela tem 20 milhões de euros. Quantos milhões de euros têm o dois?💰💰💰

 

- Milhões de euros? isso não existe!! - diz ele, meio atrapalhado com a palavra "milhões"! 

 

Eu já não quis ouvir a resolução do problema! Bastou-me ouvir aquela resposta para perceber que o meu pequeno filho não está familiarizado com as palavras "milhões de euros" e que devo estar a falhar enquanto mãe. A criança vê pouca televisão para adultos (como eles dizem), só pode! Mas se os incentivo a ver telejornais e o professor Medina Carreira arrisco-me a que simulem problemas do tipo: "O Ulisses tem uma dívida de 40 milhões de euros e a Estrela tem o dobro da dívida do Ulisses. Como se vão safar desta antes do fim do mundo?"

 

P.S. -  Eu não sou de intrigas mas claramente que o Ulisses e a Estrela estão a acumular riqueza! Onde é que isto já se viu?! Idiotas a guardar dinheiro. Para quê?!!😜

Casamentos à grande e à Benfica

O Sport Lisboa e Benfica vai lançar esta semana a primeira coleção de vestidos de noiva. (Ehehehehe confetis, muitos confetis 🎉🎉🎉)

Assim, de repente pode soar estranho mas é mesmo verdade! A estilista Micaela Oliveira é a responsável pela criação dos vestidos "femininos, luxuosos e únicos que pretendem realçar o que de melhor há em cada mulher benfiquista". Mais ... a magnifica coleção também é composta por vestidos de cerimónia e de criança, o que permite vestir a mãe, a irmã, a prima, a tia da noiva e as meninas das alianças. Falando de valores, quando uma pessoa lê "mercado de luxo" deve-se preparar para o pior! Parece que podem variar entre os 500 e os 5 mil euros mas deve haver os extras tal como nos automóveis 😊! 

E como é que surgiu esta ideia? Segundo o diretor de merchandising do clube parece que tinham vários pedidos de noivas que queriam um ou outro elemento que as ligasse ao clube naquele dia tão especial. Confesso que, mesmo simpatizando com o Benfica, ainda solto uma gargalhada ou outra quando penso neste assunto. A sério!!!

 

Assim é o glorioso, sempre a destacar-se dos outros clubes, com ideias giras e originais!

 

Ninguém pára o Benfica e ninguém pára o Benfica!!!

 

E vivó Benfica!!! 

  

Aqui ficam as imagens: 

 

 

 

Sugestão Saudável (25)

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

 

Lanches escolares: o que levar?

14555889_10211019604472969_1117402645_n.png.jpeg

Os lanches, isto é, refeições intermédias do meio da manhã e do meio da tarde são muito importantes nas crianças pois fornecem nutrientes imprescindíveis para terem energia, para o cérebro estar atento e dinâmico e para crescerem de forma mais saudável.

 

Existem algumas escolas ou infantários que fornecem estas refeições, mas a partir da escola primária o que é mais comum é serem os pais ou encarregados de educação a enviar este lanche. As crianças como nós sabemos, têm a sua dose de esperteza e começam algumas vezes a dizerem que não gostam ou não querem alguns alimentos, para quando os pais perguntarem o que querem levar, eles responderem aqueles alimentos que preferem ou que alguns amigos levam, como por exemplo sumos/refrigerantes e snacks, com muito açúcar e gordura (bolachas, guloseimas, salgados). Estes alimentos aumentam a ingestão de gordura saturada, sal e açúcares, reduzindo a vitalidade necessária para o desenvolvimento e crescimento físico e mental, diminuindo os níveis de concentração, memorização e aprendizagem.

 

 

Cabe-nos a nós adultos, explicar que alguns alimentos sabem bem mas não são muito saudáveis, logo podem contribuir para algumas doenças, e que estar doente não é lá muito agradável, bom é estarmos bem!!😄


Vou deixar aqui algumas sugestões saudáveis para as crianças do 1º ciclo, que podem ser bons lanches para as mesmas levarem na lancheira!

 

 

Entrevista a Luís Corredoura

Autor de Nome de Código - Portograal, Lusitano Fado e O Senado, Luís Corredoura descreve-se como um rapaz simples, nascido na vila de Pêro Pinheiro, que até aos seus quatro anos sonhava ser pedreiro ou carpinteiro. Depois, já farto de entalar os dedos com as ferramentas, decidiu que devia ser ele a fazer os "bonecos". Hoje é arquiteto, mestre em recuperação de património e um apaixonado por projetos literários, como gosta de chamar aos seus livros. Vive em Mafra e, como não podia deixar de ser, esta entrevista teve como cenário o Convento de Mafra. 

DSC04963.jpg

 Eu e o Luis Corredoura

 

 

 

Pág. 3/3

A Blogger:

Cátia Santos catiafsantos@hotmail.com

Segue-me:

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D