Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

A Rapariga na Aldeia

Boas Férias 😍

Durante este querido mês de Agosto, vou estar mais assídua aqui no instagram, pelo que façam o favor de por lá ir passando! Este computador vai estar em repouso durante uns dias, já a minha cabeça nem por isso, que isto de ter duas crianças é sinónimo de alerta constante, principalmente na praia. 

 

Por estes dias o pai junta-se a nós e, para eles, os mergulhos a quatro têm mesmo outro sabor, independentemente do sítio que escolhermos para o fazer. Assim sendo, vamos ter quatro cabeças a pensar em programas e atividades que a todos satisfaçam. Missão quase impossível mas enfim, cá vamos, ano após ano, aperfeiçoando a técnica de agradar um bocadinho a todos! Há sempre um (normalmente o mais novo) contrariado e a achar que conspiramos contra ele, contra as férias dele!! Nada que um jogo de raquetes ou uma bola de berlim não resolva. Para tudo isto, nós, os pais, precisamos de estar ágeis em vez de nos atirarmos para a sombra, a fingirmo-nos de mortos, enquanto dormimos uma merecida sesta na praia!

 

Pois ... não dá, não dá! 😍😍

DSC03594.jpg

 

Desejo uma ótimas férias a todos os que por aqui me seguem. 😍

Aproveitem para descansar, carregar baterias, ler, namorar e ... isso mesmo! 😘

 

    Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@arapariganaaldeia) 

Terra há (MESMO) só Uma

Completa(MENTE) escrito por Sónia Vaz 

 

Férias. Enfim as desejadas férias de verão. Tempo de carregar baterias, ir a banhos, jantar ao ar livre, ficar na praia até ao pôr-do-sol. Mas ainda assim, tempo de continuarmos a respeitar a nossa missão enquanto cidadãos do mundo, de não nos despedirmos dos nossos valores, de não nos esquecermos que existem bens maiores e que, às vezes, mesmo em tempo de nada fazer temos mesmo que nos chatear.

 

Estou no Algarve com a minha família. Um dia destes vinha na rua com a minha irmã e estava um grupo de quatro adolescentes a passar. Um deles tinha uma garrafa de vidro na mão e estava a ‘enterrá-la’ num arbusto. Os outros, em tom de gozo, diziam-lhe: “Tens um vidrão mesmo aqui à frente, não me digas que vais deixar a garrafa aí!”

rubbish-1576990_960_720.jpg(Créditos: Pixabay

 

O meu sangue ferveu, mas sabia que se falasse naquele momento, por estar tão aborrecida não ia conseguir o que queria. Respirei. Andei para trás no tempo.

 

Festival do Leitão Assado de Negrais

Foi no fim de semana passado o festival do leitão assado aqui na aldeia e, ao que apurei junto dos participantes, o balanço foi muito positivo. As diferentes barraquinhas de venda da iguaria estavam no interior de uma tenda gigante e, julgo eu que, também por isso, o número de visitantes foi superior às edições de anos anteriores! Vento e frio afastam as pessoas, já se sabe! Este nosso verão talvez não esteja a ser digno desse nome e portanto, a tenda foi a melhor solução para manter as pessoas neste convívio gastronómico. 

 

Gostei de ver as mesas cheias, todos os dias, não me importei, inclusive, de esperar por mesa para jantar! Foi bom perceber que as pessoas aderiram, que não só estiveram na sexta feira, como no sábado e no domingo. Que gostaram e quiseram repetir o convívio com o grupo de amigos e família! Bom trabalho o da União de Freguesias de Almargem do Bispo, Pero Pinheiro e Montelavar, da Câmara Municipal de Sintra e de todos os restaurantes e pontos de venda a retalho que aderiram à iniciativa. Que a experiência se repita para o ano! Bem-haja a todos 🙏. 

 

Aproveito para deixar um pequeno reparo à organização: no próximo ano, e para evitar as habituais polémicas, considerem alargar o horário de sábado também ao almoço. Acho que faz todo o sentido que assim seja! Quem pode ter a barraca aberta tem, quem não pode, azarucho! Nestas coisas, amigo não deve empatar amigo.

 

😀😀😀

(não tenho fotografias capazes para publicar aqui, as que tenho estão verdadeiramente manhosas e só deu para partilhar no meu stories) 😀

 

   Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@arapariganaaldeia) 

Dicas para manter o peso no verão

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

 

Está a tentar emagrecer? Já começou com um plano alimentar mais saudável e menos calórico? Agora vamos lá aproveitar o Verão para manter o peso ou diminuir a gordura que está em excesso, seja mais ativo e pratique uma alimentação saudável!

 

Vou partilhar nove dicas que pode colocar em prática e que ajudam a sentir-se melhor, menos cansaço, mais energia e a equilibrar o peso!

weight-loss-2036969_960_720.jpg(Créditos: Pixabay)

 

1 - Aproveite as férias para caminhar, correr, andar de bicicleta e/ou nadar. Faça caminhadas na praia à beira mar ou no final do dia, tente dar um passeio a pé de 30 a 45 minutos! 1 hora de caminhada consegue gastar cerca de 300Kcal!

 

2 - Beba muita água. Comece o dia com um bom copo de água, crie este hábito matinal e faça com que vire rotina! Leve sempre água consigo, 1 garrafa de 1,5L ou duas garrafas de 0,5L ou 0,75L.

 

 

"Cheguei chegando bagunçando a casa toda"

A vinda do nosso cão Boris veio agitar um pouco as águas aqui em casa. Não é que vivêssemos numa calmaria, mas só agora que o temos é que percebemos o quanto vivíamos bem mais tranquilos. O Boris é um tsunami, um vendaval, derruba tudo e todos por onde passa! Pedimos-lhe a pata e ele dá-nos o corpo todo, em peso, sem maneiras! Eu acho que o Boris ainda não percebeu que é um cão, um cachorrinho, bebézão, fofusco! Tenho para mim que anda a experimentar comportamentos de outros animais para ver o que quer realmente ser quando for grande. Sucedido, tem dias de canguru, em que essencialmente só salta, salta, salta como se tivesse o corpo adaptado para tantos saltos. Coitado, fica de rastos, e nós também! Outros dias há em que faz de rato, rói tudo, roupas, mesas, brinquedos e, se nos distraímos rói o nosso pé em vez do pé da mesa!. Depois tem dias em que se julga ser uma toupeira (eishhhhh, tantos buracos que o bicho faz). Há uma parte do nosso jardim semelhante a um campo de golfe mas com buracos para bolas de basquetebol!

 

Estão a imaginar a roda-viva em que agora uma pessoa vive?! Logo eu que gosto de ter tudo arrumadinho 😩😩! 

 

A verdade é que se não fosse o Boris eu não teria cá em casa ninguém a quem pudesse tratar por "você" 😍😍😍

 

"Boris, venha cá à sua mãe. Você é lindo. Dê a patona, dê. Sente lá. Não roa as havaianas da sua dona, tá?! Porte-se Boris Manuel. Porte-se!"

IMG_3237.JPG

 

   Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@arapariganaaldeia) 

Alguém disse #27

Sete Novas Palavras:

 

"FOMO - fear of missing out, o medo de ficar de fora, a ansiedade de estar a acontecer qualquer coisa e de ter mesmo de ir ver o que estava a acontecer nas redes, deixou de ser uma curiosidade para ser parte da vida de quase todos.

BROMO - quando os bros, os amigos, não postam há algum tempo.

MOMO - mistery of missing out, o mistério de estar desaparecido, que conta com o facto e presunção de alguém dar pela sua falta.

FOJI - fear of joining in, o medo de regressar, pois não se sabe ao colocar um post se alguém irá fazer like. 

FO-MOMO - é o medo de as pessoas estarem a deduzir coisas erradas por não estar a postar, sendo que essa ausência se deve a motivações externas como, por exemplo, ter ficado sem bateria, logo tecnicamente não há mistério.

SLOMO - slow to missing out, é o terror do agarrado em redes sociais, que equivale ao acordar, ver o seu feed e perceber que de facto aconteceu: os seus amigos divertiram-se mesmo nas suas costas, quando esteve a dormir.

JOMO - joy of missing out, o prazer de estar desligado. O nirvana que alguns, de vez em quando, pensam que existe."

 

O texto completo está disponível na revista E, assinado pelo cronista Luís Pedro Nunes. Nele estão abordadas estas questões do vício, da dependência, do "sobreuso" dos smartphones e do perigo quando utilizado pelos automobilistas nas estradas! Acredito que aí desse lado, já podem ter sofrido (estou mais que incluída neste grupo de viciados) um pouco desta febre do digital, em que olhamos para o telemóvel não sei quantas vezes por dia, respondemos a notificações, postamos fotos, trabalhos, comentamos, fazemos likes, partilhamos sítios novos por onde passámos! Certo é também que somos todos muito "cuscos" da vida que os outros nos mostram e, assim sendo, é difícil parar e controlar esse tal excesso de uso. Falo por mim, obviamente. Muitas são as vezes em que perco a noção do tempo enquanto passeio pelas redes sociais.😩 Ando a tentar "curar-me" deste mal 😀!! 

 

Na última frase do texto, LPN escreve "uma app para acabar com o vício do smartphone ou é uma ironia ou uma inutilidade". 

 

O que acham? 

photo-1520588831435-1529e6d7cf5e.jpegCréditos: Unsplash 

 

   Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@arapariganaaldeia)

Benefícios da Alcachofra

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas 

 

Conhece a alcachofra? A alcachofra apresenta inúmeros benefícios para a saúde e para o bom funcionamento hepático! 

 

Do ponto de vista nutricional, a alcachofra fornece poucas calorias e muito pouca gordura mas, apresenta uma grande riqueza vitamínica e mineral e ainda uma enorme concentração de fitoquímicos, substâncias com capacidade reguladora no organismo e com propriedades antioxidantes e reguladoras do colesterol, o que é uma ótima característica. Uma alcachofra (cerca de 128g) fornece 28% da quantidade diária recomendada de fibra, 22% da quantidade diária recomendada de ácido fólico e 25% da vitamina C que necessitamos por dia e inúmeras vitaminas em quantidades interessantes como a Tiamina, Riboflavina, Niacina e vit. B6, como também inúmeros minerais em quantidades apreciáveis. De destacar, a elevada quantidade de magnésio e potássio presentes na alcachofra, dois minerais essenciais ao funcionamento muscular e do nosso sistema cardiovascular.

artichoke-267974_960_720.jpg Créditos: Pixabay  

 

 

Não somos todos fotógrafos

A fotografia está para o meio digital como os livros estão para o nosso presidente Marcelo! Quem se movimenta neste meio sabe que deve considerar a fotografia parte integrante e essencial do seu trabalho. Para isso, convém munir-se de ferramentas que permitam melhorar esse lado mais visível.  

 

Disto já me consciencializei, admito que até foi um processo relativamente rápido! Mas, daí, a conseguir efetivamente fotografias de qualidade vai um passo de gigante!! Ando a esforçar-me. Não está fácil! Mesmo recorrendo a todo o tipo de app's disponíveis no iphone e no computador, dou por mim, mais vezes do que aquelas que deveria, insatisfeita com o resultado final das minhas fotografias! Quando sou eu a fotografar, é o desastre completo: péssimos ângulos, sombras, desfocados, ... quando me fotografam, há sempre aquele eterno desconforto de não saber para onde olhar ou enfiar as mãos, se é preferível rir ou esconder os dentes, se fingir ar pensativo ou mostrar que a vontade é só saltar dali para fora! 

IMG_3584.JPG

 

Não que algum dia o desconsiderasse mas, dou cada vez mais valor ao trabalho dos fotógrafos. Não basta uma boa máquina, nem mesmo uma boa paisagem ou um excelente modelo. Há que saber conjugar uma série de fatores para que a fotografia seja uma "g'anda chapa", para que passe mensagem. A este ponto sei que não consigo chegar! Neste momento, ando a "trabalhar" para que vocês, desse lado, possam um dia pensar que não fui eu que pus o dedo em determinadas fotografias que publico nas minhas redes sociais. Porque só vos digo #nãosomostodosfotografos mesmo conseguindo dar mais ou menos exposição, realces, temperatura ou saturação! Isto não é assim tão básico como eu gostava que fosse 😄! 

 

E vocês, que truques utilizam para as fotografias deixarem de ter aquele ar de desmazelo? 

 

 

  Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@arapariganaaldeia) 

A Blogger:

Cátia Santos catiafsantos@hotmail.com

Segue-me:

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D