Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

A Rapariga na Aldeia

Blog pessoal de uma rapariga que vive na aldeia e às vezes vai à cidade.

"Para viajar longe, não há melhor navio do que um livro"

Para quem ainda não tratou de todos os presentes de Natal, tenho a informar que a Fnac (sim, a Fnac) está com promoções bastante simpáticas numa série de artigos, nomeadamente em jogos, brinquedos, tablets e livros, em TODOS os livros. Não é um máximo?! 😍 Por isso, é mesmo de aproveitar. Andei pelo site a ver as novidades, os mais vendidos este ano e as campanhas e fiz esta seleção ... 

 

 Para mais informações clicar em cima das imagens 😁

 

Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1)

Não somos todos iguais!

No domingo fizemos o nosso almoço natalício de voluntários "Ser Mais Solidária" num restaurante de leitão assado aqui na aldeia (óbvio🐽). Aperaltámo-nos, que a ocasião assim o exigia, pegámos na família e lá fomos conviver durante um agradável par de horas. Não foi possível reunir algumas das presenças mais assíduas nesta causa pois já se sabe a enorme dificuldade em conciliar agendas de quase vinte pessoas! Estou certa que na próxima ocasião semelhante estaremos mais 😍. 

24900138_1512703192140634_5468281641087595019_n.jp

25182291_1512376982173255_4374814757459541492_o.jp

Não somos instituição (mas podíamos ser). Somos anónimos, sem pretensões de ser mais do que solidários, de ajudar quem realmente necessita de apoio, de quem, por circunstancias diversas, ficou desamparado, em condições financeiras dramáticas e a viver nas ruas. Para isso, a mentora desta iniciativa, a minha amiga Sílvia Lopes, sabe que pode contar com o apoio de uma série de pessoas. Sabe que sem os donativos não seria possível distribuir refeições e agasalhos a sem-abrigo e famílias carenciadas!

 

E sim, somos gratos (e aqui falo em nome de todos) pela enxurrada de apoios que temos tido até hoje e, essencialmente pela confiança depositada no nosso grupo e no nosso trabalho. Porque, numa época de total descrédito neste tipo de causas, é preciso agradecer com todas as letras a quem nos apoia (desde a padaria, ao senhor dos legumes e das frutas ... ) a todos mesmo, sem exceção, para que sintam que tudo aquilo que nos dão tem como destino único - pessoas carenciadas - e para que continuem orgulhosamente a ajudar-nos! 

 

E sim, no nosso almoço falámos no caso da Raríssimas e nas irregularidades por lá detetadas e indignámo-nos com os últimos desenolvimentos do caso. Falámos também de outras instituições de solidariedade, das políticas e das  prioridades sociais que, em certa medida, colidem com o que achamos ser aceitável. Infelizmente! 

 

E não, não somos mesmo todos iguais! Ainda há gente (e espero em elevado número) que "veste a camisola" da solidariedade com o objetivo único de ajudar o próximo e nada mais do que isso. E é precisamente por esse motivo que aproximo os meus filhos a esta causa. Para que percebam a importância do ir sem esperar nada em troca! 

 

Para concluir e por razões óbvias, deixo aqui uma vénia aos jornalistas de investigação (da tvi) que procuram, pesquisam, perguntam e não se acomodam. Foi por este jornalismo inquieto e não conformado que me apaixonei! 😍 Bem isto agora ficou profundo 😁, vou terminar!

 

 

   Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

 

Sugestão Saudável (81)

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

 

Frango com Legumes Salteados

Com este frio, oiço frequentemente nas consultas de nutrição que as saladas frias não sabem bem e que agora sabe melhor a comida mais quentinha! Por isso hoje partilho convosco esta receita de frango com legumes salteados, que pode adaptar e fazer com camarão ou com legumes diferentes 😁. 

25400997_10215408620475626_240191589_o.jpg 

Ingredientes:

 

 

Uma Macaca na Cidade (48)

FÉRIAS RESET

 

Meus queridos, esta macaquinha que hoje vos escreve deve-vos um grandessíssimo pedido de desculpas pela ausência da semana passada, assim sem pré-aviso, sem nada… A verdade é que aproveitei para tirar a semana de férias e esticar os quatro dias úteis entre feriados e fins-de-semana para 10 dias seguidinhos de vacaciones! E as férias foram tão, mas tão boas, que esta macaca pura e simplesmente não olhou para o calendário, nem para o relógio, nem tão-pouco se chegou perto do PC, o que explica não ter havido crónica na passada terça-feira.

 

E perguntam vocês: “Então e onde foste com tantos dias? Para um destino tropical? Para a neve? Aproveitaste para fazer as compras de Natal?”. Não meus amigos, nada disso… Na realidade, aproveitei para fazer… NADA. Isso mesmo, NADA!

 

E não é a isso que supostamente deveríamos chamar férias? FAZER NADA e DESLIGAR é do mais retemperador que existe, não se iludam. Não há palmeiras, nem espreguiçadeiras que consigam competir com o calor da nossa almofada ou como o aconchego do nosso sofá.

 

Neste NADA couberam, contudo, aquelas coisas que nos aquecem a alma e que na correria do dia-a-dia ficam, amiúde, esquecidas ou adiadas: serões a ver séries em catadupa com o hubbie, tempo para amigos, família e filhos (incluem-se aqui as comemorações do 7º aniversário do mais velho, bem como o apoio nas primeiras provas que realizou na escola, e muito colinho à mai’nova), dedicação à culinária e à casa (porque não dizê-lo, as tarefas domésticas também podem ser fonte de prazer), leituras em dia, passeios pelo bairro (de mãos dadas) e muito namoro (aproveitando que o marido também esteve de férias)…

 

Soube mesmo bem e é a prova de que não é preciso sairmos de casa para sermos felizes… Ok, é verdade que já ando a ressacar viagens, mas o que quero dizer é que “hapiness is an inside job” e às vezes está nas coisas mais simples.

 

A minha tem passado muito por aqui:

Ver – NARCOS. AQUI. Vimos as três temporadas de seguida, de um fôlego só! aguardamos a 4ª, da minha parte a morrer de saudades do Peña. A escolha da “senhora que se segue” será entre Breaking Bad (Temporada 1), Big Little Lies (Temporada 1) ou Chicago Fire (Temporada 6). Que vos parece?

 

Ouvir – PINK. Completamente obcecada com o mais recente álbum deste furacão, Beautiful Trauma.

 

Sentir – o Natal, AQUI

 

roupa-para-bebs-na-fantasia-de-macaco-g-18919-MLB2

 

Um arraso chamado Raquel Strada

24837336_1971715746177241_1866750219329689120_o.jp 

Gosto cada vez mais dela. É uma miúda cheia de pinta. Uma verdadeira it girl. Gira. Elegante. Tem estilo a potes e bom gosto a sair-lhe por todos os poros. Do cabelo, aos olhos, ao que veste, gosto de tudo nela! A Raquel é das que pode usar, sem medo do ridículo, boina à Vitorino, uma simples camisola de gola alta e uns vertiginosos stilettos porque tudo lhe fica bem, ela é muito estilo numa só pessoa, raios!!

 

O melhor que fez foi mesmo dedicar-se a outras áreas que não só a televisão. E que bem se tem saído no papel de escritora e de blogger! Sigo-a nas redes porque enfim, gosto de ver bonito. Preciso de ver gente descomplexada, que arrisca e não segue normas, e a Strada é isso tudo vezes três!!

 

Em cima deste arraso de estilo (já todos esquecemos a tontice no Splash!) afirmou numa entrevista que não sonha ser mãe, não diz "nunca" mas o que é certo é que não pensa ter filhos. Um assunto delicado numa sociedade em que parece estarmos definidas para esse papel e quem pensar e disser o contrário é severamente criticada e considerada egoísta. Até agora, e pelo que li, não me parece que a Raquel esteja a ser "apedrejada"! O que é um ótimo sinal! É bom que "a sociedade" perceba, abra espaço à discussão e aceite estas opções que, a meu ver, em nada diminuem as mulheres! 

 

(ler com sotaque brasileiro) Arrasou meu bem!!! 💪😁

 

  Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

 

O informal mundo das "tees" com frases

Quem é que ainda não aderiu a esta descontraída tendência "olá, estou aqui e tenho coisas a mandar cá p'ra fora!". Ora, a minha sugestão vai precisamente nesse sentido, da ousadia e da irreverência que ganham especial forma nestas t-shirts com frases. Elas andam por todas as lojas. São despojadas, giras e com mensagens mega criativas. Digamos que tenho acompanhado as zaras desta vida (jurei a mim mesma que só lá ponho o nariz nos saldos, vamos ver se me aguento 🙈) e posso dizer-vos que há um leque de t-shirts mesmo muito giras e versáteis, que vão para além do óbvio e que podem ser consideradas como um divertido presente de Natal. Ora, espreitem a pequena seleção que fiz ..

 

Para mais informações clicar em cima das imagens 😁 

Fica a ideia. 😍

 Sigam o blogue no facebook AQUI e no instagram AQUI (@catiafilipasantos1) 

Presentes para pessoas mesmo difíceis 😩 para não dizer insuportáveis 😂

Como é possível agradar alguém que, com uma mestria de se lhe tirar o chapéu, consegue conjugar em si mesmo todos os males do mundo? Digo-vos já que não deve ser tarefa fácil 😁Já vos aconteceu ter de oferecer presente a alguém que acorda sistematicamente com os pés destapados e que, por natureza, é mal-disposto, pessimista e carrancudo? Que desdiz de tudo e de todos, evitando ver qualidades nos outros de tão cego que está pelos erros alheios? Que vive de costas voltadas para o melhor lado da vida? Reclama do mundo e para o mundo, a quem o sol chateia, a chuva importuna e o frio desconforta? Que tudo considera incómodo, problema, desgaste e inadequado? Nunca está satisfeito. É um aborrecimento para quem o rodeia e uma tortura para ele próprio. E que, em cima de toda esta carga negativa, acumula ainda a enorme incapacidade de rir das suas próprias fragilidades.  

 

Não sabem o que oferecer a um ser tão complicadinho?

Podem começar por aqui ...   

Txrammmmm...

 

 

Completa(MENTE) 7

Penso, Logo Existes

 

(ou Como Usufruir dos Princípios da Parentalidade Consciente Numa Educação com o Mesmo Nome)

 

Como sabem, a Cátia e eu fomos a um workshop acerca de Parentalidade Consciente, a convite da minha amiga, formadora e coach, Fátima Gouveia e Silva. Uma vez que a nossa ‘Rapariga’ já falou do tema (e bem), vou apenas dar-lhe uma nova abordagem sob a luz do meu olhar de profissional do ensino.

 

Assim, quando aqui me referir à Parentalidade, na realidade estarei a falar sobretudo de relações entre humanos (como o explicou a nossa formadora) e a transpor o valioso conteúdo daquela manhã de sábado para o palco que piso diariamente: a sala de aula. São a mesma coisa?

 

Sugestão Saudável (80)

Post escrito pela nutricionista Liliana Janicas

 

Mindful Eating

 

Podemos traduzir o título para: “Alimentar-se de forma consciente”!

24740018_10215333153108989_1204503228_o.png

 

Percebo que hoje em dia nem sempre é fácil fazer as melhores escolhas alimentares, há muita oferta, demasiada informação e nem sempre credível (por vezes até gera mais confusão que clareza), pouco tempo para a alimentação ou até por vezes falta de organização diária, que leva muitas vezes a escolhas rápidas e nem sempre saudáveis! O problema não é uma exceção semanal, o problema é quando estas escolhas menos saudáveis são diárias e já fazem parte da rotina. Aquele bolo, folhado ou salgado no café todos os dias, que quase pertencem aquela pequena pausa!

 

Com este post apenas pretendo que pare e pense... 

 

A Blogger

Sigam-me

Follow my blog with Bloglovin Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D